Charlie Wrinkles, the Pug

charlie3 Quem me conhece bem sabe que, há pelo menos 10 anos, eu sou apaixonada pela raça PUG.

Todo esse tempo, quando estava entediada, abria o Youtube, digitava "pug" e passava horas a fio vendo vídeos! HAHAHAHA Desequilibrada ou nem? Ainda faço o mesmo, só que ultimamente tenho  digitado "PANDA". Sério, alguém me interne! :D haha

E agora, depois de um ano morando na Suécia, decidi decidimos (mais eu do que meu marido haha) que já estava na hora de ter um.  Até me inscrevi em uma ONG para Adoção de cachorros daqui, o Hundstallet, mas além de ter poucas opções (não há tantos cachorrinhos abandonados aqui e também não existem cães de rua), há uma fila enorme. Eu pensei muito, deixei um pouco de lado essa minha necessidade de ter um Pug em específico e queria muito ajudar um cãozinho que precisava de um lar e de carinho. Tentamos adotar um que vimos no site mas, como disse, já tinha uma fila de espera e não foi possível. E logo, a maioria dos que sobram, são os maiores. Como aqui, os apartamentos não são grandes, fica difícil de adotar um cão grande.

Mas eis que terça-feira, compramos o Charlie. Ele é um menino muito carinhoso e carente (quer ficar o dia todo no colo! :D), pesa 3kg e tem 3 meses. De lá pra cá aprendeu super rápido a fazer xixi no jornal e só faz cocô lá fora (levamos ele no backyard do prédio). Estamos muito orgulhosos do nosso menino! haha Ainda não introduzi a coleira nele, mas daqui a pouco vamos tentar fazer isso. E em breve, pretendemos fazer um curso com ele. Aqui na Suécia, cachorros são aceitos em metrôs, ônibus e em vários locais públicos como cafés, shoppings, lojas e para isso eles precisam ser muito educados e comportados.

Sem mais lero-lero, apresento-lhes o Charlie. A proud mamma aqui fez um monte de fotos! hahah <3

 charlie1 charlie2 charlie4 charlie5 charlie6 charlie7 charlie8 charlie9 charlie10 charlie11 charlie12 charlie13

 

Hej då!

comments powered by Disqus